Publicamos junto o Decreto sobre as Virtudes do Servo de Deus D. António José de Sousa Barroso, Bispo do Porto e Missionário, seguido de um texto de Monsenhor Arnaldo Pinto Cardoso, Postulador da Causa de Canonização.

A Declaração das Virtudes Heróicas de D. António Barroso constitui um passo determinante no caminho rumo à sua beatificação e canonização.

O texto do Decreto da Congregação para as Causas dos Santos oferece-nos, em breve síntese, um belíssimo testemunho de santidade de D. António Barroso, que mereceu o reconhecimento da Igreja e a aprovação dada pelo Papa Francisco à declaração pública das suas virtudes heróicas.

Esta é a hora de agradecermos a Deus a bênção que nos concedeu com a vida e pelo ministério episcopal de D. António Barroso, concretamente no serviço da Igreja do Porto, depois de um longo percurso pastoral que o levou a Angola, a Moçambique e a Meliapor, na Índia.

Esta é a hora de continuarmos a trabalhar e a rezar pela canonização de D. António Barroso, proclamando com as mesmas palavras do Salmo 34 que iniciam o texto do Decreto das suas Virtudes Heróicas: “Em todo o tempo bendirei o Senhor; o seu louvor estará sempre nos meus lábios. A minha alma gloria-se no Senhor. Que os humildes saibam e se alegrem”.

Porto, 25 de julho, festa de S. Tiago, apóstolo, 2017
+ António, Bispo do Porto

Print Friendly, PDF & Email